Post: 12753 | Data: 22/05/2018 | Visitas: 381

Bancário inova e investe na fabricação de cerveja artesanal em Riachão do Jacuípe

Encorpada, com mais sabor, cheiro e textura. Esta é a cerveja artesanal que ao longo dos últimos anos vem ganhando o paladar de consumidores sofisticados, que buscam mais prazer ao degustar essa primitiva bebida. O Brasil é hoje o 3º maior produtor mundial de cervejas, com uma produção estimada em 14 bilhões de litros/ano, atrás dos EUA (22,1 bilhões de litros/ano) e China (46 bilhões de litros/ano). Ainda sem dados oficiais, estima-se que a participação das cervejarias artesanais no mercado geral brasileiro de cervejas seja de 1%, com ampla possibilidade de crescimento.

2

Já pensou, depois de um longo dia de trabalho, ir na geladeira e se servir de uma “cerva” feita por você mesmo? O bancário Vitor Bastos, morador de Riachão do Jacuípe, sim!

Como bom apreciador da loira, Vitor sempre gostou de conhecer mais sobre o mundo das cervejas, a ideia de começar a fabricar surgiu em 2017, quando ele buscava fazer algo diferente em sua vida, e viu na produção de cerveja uma terapia. “Eu comecei procurando associações de cervejas, fiz curso em Salvador, e busquei várias matérias na internet, assistir a vídeos continuei a me informar sobre o assunto”, acrescenta.

Após muita pesquisa, logo encomendou pela internet um kit que vinha com os utensílios e ingredientes necessários para iniciar a produção.

“A primeira vez que produzir a bebida foi em junho de 2016, já tinha bastante teoria, e fui colocando em prática, foi uma sensação única. Eu fiz uma cerveja que ainda não tinha um nome, mas saiu muito boa”, destaca Bastos.

Três geladeiras são usadas para a temperatura ideal da matéria prima ser transformada em cerveja

 

De acordo com Vitor, é necessário tempo e dedicação para a produção da Florinda Beer nome patenteado por ele para representar a sua cerveja. ‘São cerca de seis a sete horas sem parar para produzir de 20 a 30 litros da cerveja’.

 

O bancário reconhece que não é um trabalho nada fácil, principalmente por se tratar de algo bastante criterioso e que requer uma atenção de quem produz, mas afirma que é prazeroso quando o resultado é satisfatório ao paladar de quem experimenta a Florinda Beer.

Florinda pronta para o consumo

 

Por enquanto, Vitor Bastos é o único produtor de cerveja artesanal em Riachão do Jacuípe, mas segundo ele, tem vontade que mais pessoas comecem também a entrar, no que considera um estilo de vida.

www.jacuipenews.com.br
Por: Jacuípe News

Seja o primeiro a comentar esta postagem!


Nome:

Comentário:

Design: Catu Informática | Ediomário Catureba

Rua Joel Campos, 125 - Alto de Guinho - Baixa Grande - BA

E-mail: ediomario@baixagrande.net - Tel: 74 99962 3779