Riachão do Jacuípe - Após novo julgamento, TCM reprova as contas e ex-prefeito Lauro Falcão fica inelegível durante oito anos

Postado em: 09/10/2014 | Por: Interior Da Bahia

As contas do ex-prefeito Lauro Falcão Carneiro, do exercício 2012, foram julgadas na tarde desta quarta-feira (08) pelos membros do Tribunal de Contas dos Munícipios (TCM) da Bahia.

De acordo com as informações, o TCM reprovou as contas, confirmando o primeiro julgamento. De acordo com a decisão do tribunal, o ex-gestor teria que devolver mais de R$ 4.800 milhões ao município. Agora, a decisão é definitiva. Além de ter que devolver dinheiro aos confres do municipio, Lauro Falcão ficará inelegível por oito anos.

Na cidade, o assunto passou a ser a principal pauta de discussão nas esquinas. Com a derrota do ex-governador Paulo Souto para o governo do estado, caiu as esperanças do ex-prefeito ter as suas contas aprovadas pelo TCM, mesmo depois que seus advogados pediram adiamento do julgamento.

Enquanto os aliados do ex-prefeito confiavam timidamente pela aprovação, os contrários torciam contra a agora vibram com a reprovação por parte do tribunal

Entenda o caso

As contas do exercício 2012 do ex-prefeito de Riachão do Jacuipe, Lauro Falcão Carneiro (PTN), foram reprovadas ainda há pouco pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

De acordo com as informações, no julgamento realizado na tarde desta quarta-feira (04), os integrantes do TCM reprovaram por maioria as contas do ex-prefeito.

Depois, as contas serão devolvidas para a Câmara de Vereadores de Riachão do Jacuipe. Para aprová-las, o prefeito terá que conseguir a maioria absoluta dos votos, ou seja, o equivalente a nove do total de treze que compõe a atual bancada.

Por se tratar de uma votação colegiada, a realizada hoje pelo TCM, pode ter deixado o ex-prefeito inelegível. Nossa reportagem conversou sobre o assunto com um advogado, que entendeu ser este o raciocínio, contudo o mesmo ficou de checar a informação.

Caso fique inelegível, Lauro Falcão não poderá disputar a eleição para deputado estadual, como o mesmo vinha sinalizando entre aliados.

Feirão

Nesta terça-feira também aconteceria uma audiência sobre o processo que o ex-gestor responde sobre denúncias formuladas em relação ao Feirão de Animais, realizado no município no inicio do seu primeiro mandato, onde Falcão é acusado pelo Ministério Público de vários atos de improbidade administrativa.

A audiência foi adiada, mas não foi informado o motivo de a mesma não ter acontecido.

www.interiordabahia.com.br
Postagem nº: 6700 | Visitas: 358


PUBLICIDADE



Portal Bacia do Jacuípe - Uma Iniciativa da Catú Informática

Ediomário Catureba - Whatsapp 74 99962-3779

ediomario@baixagrande.net - Baixa Grande - BA


utilizadores online